Powered by Return Path

Perguntas Frequentes

O que é um Feedback Loop?
Um Feedback Loop (FBL) é um sistema a partir do qual um Provedor de Serviço de Internet (ISP) fornece ao sender uma cópia de uma mensagem que um dos seus assinantes reportou como spam -- normalmente por ter pressionado o botão de "reportar spam" na interface de email desse ISP. Um serviço de feedback loop poderá ser fornecido pelos ISPs a pessoas ou empresas enviando um email via o endereço IP que controlam. Os ISPs fornecem feedback loops a senders qualificados, para que os senders possam identificar (a) clientes que não queiram mais receber emails similares (b) quaisquer problemas originados desde as suas redes, tal como máquinas com vírus que produzam spam.

Destinatários de Feedback Loop são geralmente esperados que removam qualquer assinante das suas mailing lists para prevnir "reclamações de spam" similares -- mas o principal requisito é simplesmente que eles reparem quaisquer problemas dentro da sua rede que tenham causado as reclamações.

Qual será o formato para mensagens FBL?
As mensagens serão enviadas no padrão Formato de Relatório de Feedback de Abuso (ARF). Pode encontrar uma definição deste formato e exemplos de relatórios no seguinte documento: http://mipassoc.org/arf/specs/draft-shafranovich-feedback-report-02.html. Todos os relatórios gerados neste FBL serão do tipo Feedback-Type: abuse.

Mais informação acerca deste formato e esforços relacionados podem ser encontrados em http://mipassoc.org/arf/.

De qual endereço IP/ endereço email/ domínio estes emails FBL serão enviados?
Os FBL's virão dos Ips 66.45.29.177, 66.45.29.178 e 66.45.29.179. A confirmação e as mensagens FBL virão de feedbackloop@feedback.terra.com.

Eu nunca recebi a minha mensagem de confirmação. E agora?
Por favor verifique se o email para o seu endereço de confirmação está sendo filtrado. Se sim, veja a sua pasta de lixo e tenha a certeza de adicionar na whitelist os endereços IP e endereço email listados acima. Se mesmo assim não conseguir encontrar a mensagem de confirmação, use o link "Reenviar confirmação" encontrado na página de cadastro FBL para lhe enviarmos a mensagem de confirmação outra vez. Irá precisar clicar no link na mensagem de confirmação antes do pedido ser aprovado ou não.

Como são escolhidos os endereços de confirmação?
O método escolhido depende da entidade de feedback requisitada. Para um IP ou faixa de IP, DNS reverso ou WHOIS, são ambos solicitados. O método de DNS Reverso olha para hostnames do IP ou dos IPs iniciais ou finais da faixa. O sistema irá permitir que você escolha entre os utilizadores abuse@ e postmaster@ para cada domínio identificado. A abordagem WHOIS solicita agentes de registro IP globais, regionais e nacionais, como ARIN e APNIC, usando a faixa e qualquer registo referenciado retornado para aquela faixa.

Para um ASN, uma consulta WHOIS será feita de maneira similar à de IPs, mas em relação ao ASN. Porém, os CIDRs associados a ASN são as entidades realmente confirmadas para o pedido do feedback loop. Adições ou modificações aos CIDRs associados a um ASN têm de ser submetidas como pedidos adicionais. A informação sobre a quais subredes são atribuídos cada ASN é fornecido por RouteViews.org e gostaríamos de lhes agradecer por tornarem este método disponível.

Existem ferramentas disponíveis para eu processar estas mensagens?
Mensagens modelo e algumas ferramentas básicas para ajudar no processamento podem ser encontras em http://mipassoc.org/arf. Return Path também fornece uma solução comercial para processar estas mensagens para você de maneira simplificada.

Como verifico se o meu feedback loop está funcionando?
Você está recebendo relatórios? Se não está, o método mais fácil é enviar uma mensagem para uma conta que você controle, e depois reportar essa mensagem como spam. (Nao se preocupe, uma queixa não irá condenar o seu email para a pasta de lixo para sempre.)

Não estou a receber nenhum relatório de feedback loop. E agora?
Existem duas razões básicas para explicar o porquê de não receber relatórios:

  1. Ninguém está reclamando. Hora de comemorar!
  2. Your mail is already being filtered to the 'spam' folder, or equivalent. If your messages aren't in a user's inbox, the user won't complain about them.
  3. Há alguma coisa errada com o endereço de email para onde estão a ser enviados os relatórios. Experimente enviar uma mensagem para esse endereço a partir de uma conta que controle, e verifique os seus registos de email ou outros diagonósticos internos para descobrir o que se está acontecendo.

Como processo reclamações do feedback loop?
Recomendamos que remova assinantes que não estejam contentes das suas mailing lists para prevenir futuras reclamações. Porém, o principal é que os senders verifiquem quaisquer problemas em seu programa de email ou rede, que pode causar as reclamações.

O ISP poderá editar partes da mensagem original para proteger a privacidade de seus usuários. No evento de algum ISP editar endereços de email assinantes de suas mensagens de feedback loop, você deverá incorporar um ID de rastreamento único para o registo do recebedor na sua base de dados e as suas mensagens para que consiga processar as remoções. Poderá adicionar este ID no corpo da mensagem ou adicionar um cabeçalho "X" no cabeçalho da mensagem. Um exemplo disto poderia ser "X-SenderName-ClientID: 543432".

Problema: Algumas configurações MTA, particularmente a Sendmail, irá automaticamente resolver o CNAME na recepção. Isto irá fazer com que o email pareça que seja de feedbackloop@fbl.senderscore.net<mailto:feedbackloop@fbl.senderscore.net>.
Isto é um problema do lado do cliente. Porém, investigamos a principal causa e recomendamos a seguinte solução:

Isto parece ser um problema com a configuração padrão de todas as versões do Sendmail. (É desconhecido quais, se algum, outros MTAs também usam isto como configuração padrão).

A documentação de configuração da Sendmail pode ser encontrada em: http://www.sendmail.org/documentation/configurationReadme

A opção de macro confDONT_EXPAND_CNAMES é definida como falsa por padrão, ou seja, o comportamento padrão de todas as versões do Sendmail é para expandir CNAMES.

Especificamente, a documentação diz:

confDONT_EXPAND_CNAMES DontExpandCnames [Falso]
Se configuradas, $[ ... $] as pesquisas que fazem pesquisas baseadas em DNS não explicitam os registos CNAME. Actualmente, isto viola os padrões publicados, mas o IETF tem tomado medidas no sentido de legalizar este procedimento. Por exemplo, se "FTP.Foo.ORG" é um CNAME para "Cruft.Foo.ORG", então com esta opção definida, uma pesquisa por "FTP" irá retornar "FTP.Foo.ORG"; se estiver tudo em conformidade, retorna "Cruft.FOO.ORG". (Nota: você poderá não ver qualquer efeito produzido até que os seus vizinhos a baixo concluam também as suas pesquisas CNAME.)

Essa documentação está desatualizada há anos. Especificamente, o IETF RFC2821 refere que os registos CNAME estão correctos e não necessitam ser expandidos.

Powered by Return Path